Destaque Região Terras de Bouro

Terras do Bouro cria “Banco Local de Voluntariado” para apoio à população

Redação
Escrito por Redação

O CLDS 4GEIRA – Gerações, Emprego, Inclusão e Revitalização de atividades no concelho de Terras de Bouro, sob a coordenação da ATAHCA cria, em parceria com o Gabinete de Ação Social da Câmara Municipal de Terras de Bouro, o “GEIRA MAIS PRÓXIMA” – Banco Local de Voluntariado de Terras de Bouro.

A iniciativa vem responder a um desejo antigo de constituir um grupo de trabalho ativo e mobilizador, mais próximo da comunidade local e atento às necessidades mais prementes da população. Constituindo-se como uma das ações obrigatórias do Eixo III de intervenção do CLDS 4GEIRA, designadamente a Promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa – o Banco Local de Voluntariado reveste-se, neste período de emergência social, de uma importância acrescida pelo papel que deterá no apoio à comunidade terrabourense.

Campanha de recolha de alimentos

Durante todo o mês de Maio de 2020, o GEIRA MAIS PRÓXIMA leva a cabo a sua 1ª iniciativa solidária – uma campanha de Recolha de Bens Alimentares – Ajude quem Precisa! Um pequeno gesto que pode fazer toda a diferença. A iniciativa tem como parceiros diretos a Associação Núcleo Rio Homem, as Delegações da Cruz Vermelha – Terras de Bouro, Rio Caldo e Gerês e os Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, parceiros estes que desde a primeira hora se demonstraram totalmente disponíveis no trabalho em prol da comunidade.
O desafio foi lançado a diferentes comerciantes terrabourenses, numa mobilização concelhia que conta com cerca de 14 superfícies comerciais aderentes: Meu Super Rio Caldo, Supermercado Gerês – Amanhecer, Supermercado Doce Gerês, Intermarché de Terras de Bouro (15 e 30 de Maio), Casa Melo, Casa Paula, Cooperativa Agrícola de Valdosende, Loja do Galego, Mercado Vilela, Casa Eiras, Minimercado Brito, Minimercado Montanha, Minimercado Portela e Supermercado Frescos & Cª de Souto.

Em todos estes locais, assim como nas sedes das Delegações da Cruz Vermelha e dos Bombeiros Voluntários, poderão ser doados bens alimentares de primeira necessidade, não perecíveis, que posteriormente serão distribuídos pelas famílias concelhias que apresentem maiores fragilidades.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação