Guimarães

Município de Guimarães distribui máscaras sociais pela comunidade escolar

A Câmara Municipal de Guimarães, através do Serviço Municipal da Proteção Civil, procedeu esta quinta-feira à entrega de máscaras sociais certificadas e reutilizáveis pelas escolas de Guimarães perspetivando a retoma das aulas presenciais dos 11º e 12º anos de escolaridade, conforme anunciado pelo Governo, para frequência das disciplinas com exame nacional de acesso ao ensino superior. O material foi entregue em todas as escolas secundárias do concelho. A distribuição do material de proteção destinado aos estabelecimentos de restauração e bebidas, que também retomam a sua atividade no próximo dia 18 de maio, está a ser articulada com a Associação de Hotelaria Vimaranense.

Este é o desenrolar de um processo que teve início na passada semana, com a distribuição de máscaras pelos serviços de transportes públicos e ao comércio, através da Associação de Comércio Tradicional de Guimarães (ACTG). O Município procedeu à aquisição de 200 mil máscaras sociais que serão distribuídas pelo território concelhio.  A oferta à população está a ser feita em todo o território, em articulação com as Juntas de Freguesia. Com as máscaras sociais amigas do ambiente, adquiridas a empresas e fornecedores vimaranenses, são distribuídas as indicações pedagógicas sobre do modo como uma máscara tem de ser colocada.

Este procedimento decorre no âmbito das medidas de proteção da população, no seguimento do processo da distribuição de produtos de desinfeção já distribuídos pelas Juntas de Freguesia e estabelecimentos de comércio no concelho, preparando assim o regresso progressivo à normalidade da vida em sociedade.

Recorde-se que o Município de Guimarães distribuiu, ainda, ao longo deste período, diverso material profilático, designadamente, luvas, máscaras, batas, óculos, toucas, aventais e material de desinfeção a várias instituições do concelho, como é exemplo o Hospital Senhora da Oliveira, Unidades de Saúde, Bombeiros Voluntários, Cruz Vermelha, Lares de Idosos, Juntas de Freguesia, entre outras IPSS, em resposta ao quadro de pandemia da COVID-19, e em consonância com o Plano de Contingência Municipal de Guimarães.

 

(c) CMG

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo