Destaque

Covid-19. José Morais teria feito “menos propaganda e mais ação” em Vila Verde

José Morais, vereador do PS de Vila Verde disse esta segunda-feira, através de comunicado enviado à redação do Semanário V, que em “dois meses e meio de Covid-19 foram feitas cinco reuniões de câmara” e que os socialistas votaram contra apenas “um dos cerca de 70 assuntos a votação”: a atribuição de um apoio financeiro de dois mil e quinhentos euros (2.500€) para a aquisição de um sino para a Paróquia de São João Baptista de Coucieiro, que fora entretanto aprovada pelo PSD sob protesto e votos contra dos socialistas, representados pelos vereadores José Morais, Luís Castro e Cláudia Pinto, no passado dia 6 de abril.

“Teríamos apostado em menos propaganda e mais ação”

Diz o vereador que o PS aprovou “praticamente tudo”, mas que teriam “seguido um caminho diferente”. Um desses caminhos era ter “apostado em menos propaganda e mais ação: uma ação mais rápida e mais eficaz, com medidas muito fortes no apoio às famílias e às empresas.”

Uma das propostas que os vereadores do PS na Câmara de Vila Verde fizeram foi a que resultou na redução das tarifas da água, saneamento e lixo.

Para Morais, esta é altura de união. “Mesmo preferindo um caminho diferente do escolhido pela Câmara, tudo temos feito para, de forma construtiva, colaborar com o presidente na sua difícil missão. No que diz respeito à pandemia temos de estar todos do mesmo lado: o lado das pessoas”, remata.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo