Destaque

Vila Verde. José Morais insurge-se contra os “radicais do PS”

José Morais, vereador pelo Partido Socialista na Câmara Municipal de Vila Verde diz que “nos últimos dias” foi “alvo de uma tentativa rasteira de assassinato político e de caráter.”

Em causa está a notícia do Semanário V na passada sexta feira (22) a dar conta de alguns socialistas de Vila Verde que questionavam posições de proximidade de José Morais com António Vilela, edil, nas decisões do executivo.

Por sua vez, o líder do CDS-PP, Paulo Marques, acusou na passada semana José Morais de andar de mão dada a António Vilela, dizendo que o Partido Socialista anda “adormecido e confinado” no concelho.

Para o vereador os “acusadores” dividem-se em dois tipos: uma “suposta ala radical do PS” e Paulo Marques. Diz Morais, embora não concorde com a opinião dos mesmos, valoriza “o facto de serem frontais”.

O vereador desafia mesmo ao que chama “ala radical do PS” a discutir publicamente as suas posições.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo