Destaque

Paulo Marques desafia José Manuel Fernandes a pagar injunção de 1.250€

Paulo Marques, líder do CDS-PP do concelho de Vila Verde, desafiou hoje José Manuel Fernandes, eurodeputado (PSD) a “pagar do seu bolso esta condenação ao presidente de junta de Marrancos e Arcozelo.” O autarca de Marrancos e Arcozelo tem de doar 1.250 euros à Liga Portuguesa contra o Cancro para ver arquivado o processo de utilização de uma carrinha da autarquia para ir a um comício do PSD, conforme noticiou hoje o Semanário V.

O Ministério Público (MP) considerou indiciado que o arguido, Manuel Rodrigues (PSD), presidente da União de Freguesias de Marrancos e Arcozelo, utilizou, no dia 19 de maio de 2019, um veículo automóvel da autarquia para, juntamente com outras pessoas, se deslocar a um comício de partido político, em Esposende, distrito de Braga.

“Denunciei esta situação ao Ministério Público aquando das últimas europeias. O MP veio agora condenar o presidente de junta ao pagamento 1.250 euros porque ficou provado o uso indevido de um bem público (uma carrinha da junta de freguesia) para levar pessoas a um comício de um partido político, o PSD, nas últimas eleições europeias. Pessoalmente nada me move contra o Manuel Rodrigues, aliás, devo dizer que o considero provavelmente o menos culpado no meio disto tudo”, escreve Paulo Marques na rede social Facebook.

Para o líder centrista, “uma vez que a viagem foi para apoiar a eleição do eurodeputado do PSD, e vila-verdense, José Manuel Fernandes (…) penso que seria da mais elementar justiça ser o eurodeputado a pagar do seu bolso os 1.250 euros.”

“Pelo ordenado que aufere como eurodeputado e pela ‘responsabilidade moral’ no que aconteceu penso que lhe ficaria bem. Fica o desafio”, remata Paulo Marques.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo