Braga

Paulo Cunha candidato à distrital do PSD. Rui Rio sem apoio em Braga

O atual presidente da distrital de Braga do PSD, José Manuel Fernandes, anunciou ontem a sua saída ao fim de um ciclo de seis anos como presidente da Comissão Política.

José Manuel Fernandes, que também é eurodeputado, salientou à imprensa que o PSD é o partido no distrito de Braga “com mais presidências de Câmara e autarcas nas Juntas de Freguesia e Assembleias”. Os militantes do partido irão eleger os novos órgãos distritais no próximo dia 11 de julho.

Paulo Cunha candidato

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, anunciou hoje a sua candidatura.

Paulo Cunha diz querer “ajudar o PSD no distrito de Braga a construir soluções que dignifiquem a causa pública e reforcem o seu entrosamento social” mas também quer “contribuir para que o mérito das ações dos nossos agentes tenham o merecido relevo no contexto nacional. O esforço, o trabalho e os resultados que construímos no nosso distrito de Braga merecem o justo reconhecimento das diversas instâncias nacionais.” Para tal espera “contar com cada um e cada uma dos companheiros e companheiras do PSD, com todas e todos os autarcas, com as Deputadas e os Deputados eleitos à Assembleia da República, com líderes das secções concelhias e de núcleo, com a JSD, os TSD e as MSD, para que construamos equipas, propostas e dinâmicas que, sendo mobilizadoras e capazes de trazer aquelas e aqueles que, comungando dos nossos ideais, queiram contribuir ativamente para que a atividade política esteja, exclusivamente, ao serviço da construção de uma sociedade onde cada um e cada uma se possa realizar pelo seu mérito”

Nas últimas eleições internas Paulo Cunha esteve contra Rui Rio

Em 2017, Paulo Cunha e José Manuel Fernandes apoiaram a candidatura de Pedro Santana Lopes às eleições internas do PSD. Pedro Santana Lopes perdeu para Rui Rio.

Dizia Paulo Cunha, na altura que Pedro Santana Lopes era “aquele que, no actual contexto, melhor coloca o partido ao serviço do país”. Nessas eleições, Rui Rio foi eleito presidente do PSD com 22.728 votos, correspondentes a 54,1%, contra os 19.244 (45,85%) de Pedro Santana Lopes.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo