Destaque

Guimarães. Projeto “Então Vamos” combate isolamento social dos idosos

O projeto “Então Vamos!” é o resultado de uma candidatura ao Orçamento Participativo 2013, promovido pela Câmara Municipal de Guimarães (CMG). Emergiu da reflexão de um conjunto de cidadãos, que frequentava o Centro Comunitário da Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais (ADCL), sobre as necessidades no território do Vale de S. Torcato.

Na sua génese este projeto visa o combate ao isolamento social dos idosos que vivem sós ou com outro idoso (identificados pela CMG pelo programa 65+) em freguesias rurais e dispersas, através das artes performativas. Um conjunto de seniores da comunidade propuseram-se a receber formação em teatro, assumindo-se como atores voluntários e improváveis, para criarem espetáculos que oferecem e com que surpreendem, em itinerância pelas freguesias, os mais idosos. Os múltiplos espetáculos são inspirados na cultura local e no património identitário da comunidade, desenhados em co-criação pela diretora artística e os actores voluntários, e alavancam o sentimento de pertença e o entusiasmo daqueles que criam como também dos que acolhem o projeto.

O “Então Vamos!” nasce na comunidade, para a comunidade. Comtempla 221 idosos do Vale de S. Torcato e 28 voluntários seniores. A participação ativa assume-se como uma marca indelével e transversal a toda a intervenção.

Ao longo de 6 anos, partindo dos ensaios com os voluntários, da animação musical e ensaios descentralizados nas diversas freguesias, da recolha de histórias e memórias na comunidade junto dos seniores, até à criação/apresentação de objetos artísticos originais, o projeto consolidou-se e afirmou-se.

Nos últimos anos alargou a sua ação com iniciativas e espetáculos por todo o concelho de Guimarães, com grande impacto junto do público e beneficiando sempre do apoio do Município de Guimarães.

Presente em várias salas/espaços de espetáculo e, sobretudo, na comunidade, o “Então Vamos!” potenciou a criação até ao momento de 15 objetos artísticos, treze destes sob a direção artística de Manuela Ferreira e dois dirigidos por Sara Costa.

Em tempos de pandemia, o “Então Vamos!” não parou. Reajustou-se, considerando o recuo dos serviços existentes que agravam o isolamento. O projeto manteve contacto regular com todos os idosos que estavam confinados nas suas casas e prestou apoio social, desenvolveu uma rede de suporte para garantir resposta efetiva às múltiplas necessidades básicas dos idosos e perpetuou o trabalho de criação artística junto dos voluntários.

Neste contexto e em linha com o idealizado, avançou-se para a edição e lançamento, em versão rádio (podcasts), dos 4 espetáculos/episódios da “Radionovela”. Este formato assenta nos espetáculos levados à cena entre 2015 a 2016, uma criação artística de Manuela Ferreira e do grupo de voluntários do “Então Vamos!”. Eis que surge a oportunidade de assistir à Radionovela! Os 4 episódios da Radionovela e os seus podcasts serão apresentados, semanalmente, em várias plataformas digitais, antecedidos de um teaser entre junho e julho de 2020.

Saiba mais aqui

REALIZAÇÃO

ADCL | Projeto Então Vamos!

 

DIREÇÃO ARTÍSTICA

Manuela Ferreira

 

INTÉRPRETES E CO-CRIADORES (2014-2020):

António Costa

António Lamelas

António Nicolau Almeida

Augusto Martins

Camila de Macedo

David Soares

Delfina Castro

Domingos Abreu

Fernanda Fonseca

Joaquim Matos

Joaquina Conceição Rodrigues

João Fernandes

João Artur Fernandes

João Miguel Carneiro

José Abreu

José Ribeiro Araújo

Josefa Matos

Lara Alves

Luísa Costa

Manuel Alves

Maria Amélia Silva

Maria Alda Soares

Maria Conceição Fernandes

Maria Conceição Martins

Maria de Lurdes Matos

Maria do Carmo Gomes

Maria do Rosário Macedo

Maria Fernanda Brás

Maria Laura Matos

Maria Ludovina Silva

Zulmira Nogueira

 

ENCENAÇÃO E DRAMATURGIA

Manuela Ferreira

Sara Costa – encenou os espetáculos

Ai Portugal, Portugal e As Tardes da Titi

 

EDIÇÃO E SONOPLASTIA

João de Guimarães

Luís Almeida

Manuela Ferreira

RUM | João Rebelo

 

REALIZAÇÃO E EDIÇÃO VÍDEO

Manuela Ferreira

 

PRODUÇÃO|COORDENAÇÃO

ADCL | Cristina Moreira, Marisa Moreira, Olga Rodrigues, Gabriela Nunes

 

FINANCIAMENTO

CMG

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo