País

Braço de ferro entre André Ventura e Ricardo Araújo Pereira

A polémica não é nova. No programa de ontem “Isto é gozar com quem trabalha”, transmitido na SIC e apresentado por Ricardo Araújo Pereira, o humorista brincou com a troca de insultos de André Ventura, deputado e líder do Chega, com Agir.

Recorde-se que Ventura chegou a chamar Agir de “gangster efeminado” depois deste ter reagido nas redes sociais contra o deputado quando manifestou o desejo de “acabar com a bandalheira no Twitter.”

Ricardo Araújo Pereira, no seu programa de ontem, recuperou um vídeo antigo de Ventura em sua casa a tentar retratar um lado efeminado do deputado. Utilizou mesmo uma imagem que assemelha André Ventura a Hitler, com um hastag #hitlerilas. Nas redes sociais surgem diversas críticas a esta palavra, com muitos a afirmarem que a mesma tem implícita uma conotação homofóbica.

Ventura responde à “piada”

André Ventura recorreu hoje às redes sociais para responder ao humorista, devolvendo a ‘piada’: “meu caro Ricardo Araújo Pereira, devolvo-te a piadola de ontem à noite, esta com muito mais realismo atendendo às tuas crenças profundas e aos objetivos que te movem na baixa política. E, ao contrário de ti, faço – o sem qualquer homofobia. Pensa nisto!”

O deputado utilizou também uma imagem que assemelha Ricardo Araújo Pereira a Stalin, com o texto “Stalinlarilas”.

Maria Vieira em defesa de André Ventura

Quem também se insurgiu publicamente contra a ‘piada’ de Ricardo Araújo Pereira foi a atriz Maria Vieira, conotando mesmo a estação televisiva de “emissora recordista de fake-news.”

A atriz questiona como a “direção de programas da SIC já deixa um funcionário seu, chamar «larilas» a um deputado democraticamente eleito e comparar esse mesmo deputado a um nazi genocida hipoteticamente «larilas»?”

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo