Terras de Bouro

Terras de Bouro. CLDS 4GEIRA reabre gabinete na junta de Vilar da Veiga

(c) Vilar da Veiga

O CLDS 4GEIRA – Gerações, Emprego, Inclusão e Revitalização de Atividades em Terras de Bouro, sob a coordenação da ATAHCA e integrado nos Contratos Locais de Desenvolvimento Social 4ª Geração, abriu o Gabinete Mais Capaz Mais Emprego, na Junta de Freguesia de Vilar da Veiga, no passado dia 17 de junho.

Este novo espaço de atendimento surgiu com a necessidade de descentralizar o Gabinete Mais Capaz Mais Emprego que já desenvolvia a sua atividade na sede do Projeto, no Edifício dos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, com a finalidade de levar os serviços mais perto da população.

O Gabinete Mais Capaz Mais Emprego disponibiliza a toda a população de Terras de Bouro, apoio à empregabilidade e à criação do autoemprego, através da promoção e desenvolvimento de competências para melhoria do acesso ao mercado de trabalho.

Cada utente terá apoio individualizado de uma das técnicas do projeto na sua procura ativa de emprego e respetivo encaminhamento para ofertas de trabalho, medidas ativas de emprego ou ofertas de educação/formação ajustadas às suas necessidades, assim como na articulação com as empresas do território.

De igual modo, o Gabinete Mais Capaz Mais Emprego apoia ainda o enquadramento de projetos de autoemprego e empreendedorismo no âmbito dos diferentes programas e instrumentos de apoio, promovendo o encaminhamento dos interessados/as para apoio técnico.

Este Gabinete almeja ainda à constituição de uma Bolsa de Empresas do território, disponibilizando a todos/as os empresários/as do concelho, apoio no registo e divulgação das suas ofertas de trabalho, encaminhamento de candidatos/as e informação acerca dos apoios e medidas ativas de emprego disponíveis.

Esta atividade, entre muitas outras iniciativas, integra-se no Eixo I de intervenção – Emprego, Formação e Qualificação do CLDS 4GEIRA, este projeto é cofinanciado pelo Fundo Social Europeu – POISE (Programa Operacional Inclusão Social e Emprego), tendo como organismo intermédio o ISS, I.P. (Instituto da Segurança Social, I.P.).

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo