Guimarães

Covid-19. Guimarães mantém ativo o Plano Municipal de Emergência

(c) CM Guimarães

Depois de ouvida a Comissão Municipal de Proteção Civil, presidida por Domingos Bragança, em reunião que decorreu esta sexta-feira, 03 de julho, o Município de Guimarães mantém a ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil e, consequentemente, do Centro de Coordenação Operacional Municipal, permitindo a coordenação e análise permanente com as respetivas entidades relativamente à evolução da Situação Municipal COVID 19.

O Presidente da Câmara Municipal perspetiva o “regresso à normalidade”, no sentido de estimular o comércio e restauração, impulsionar a dimensão cultural e de espaços públicos, bem como, de aumentar a resposta ao nível da oferta de transportes públicos, reforçando sempre como principal prioridade “a segurança dos cidadãos”.

Por isso, mantém-se ativo o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, salientando-se a importância do acompanhamento permanente e estreita coordenação entre as instituições, bem como, do devido planeamento, por forma a promover o regresso à normalidade, tornando-se também, nesta fase importante a adequação dos Planos de Contingência das diversas instituições, publicas e privadas, para a possibilidade de uma nova vaga de COVID-19, atentos às indicações da Organização Mundial de Saúde.

Domingos Bragança apela à “prudência” numa análise ao contexto global da pandemia. “Temos de fazer uma análise global ao que se está a passar no país e no mundo. A pandemia não acabou, logo importa retomar a nova normalidade em segurança e ao mesmo tempo com confiança, seguindo as recomendações das entidades de saúde, para voltarmos a dinamizar o comércio e a restauração e ver as crianças de volta à escola”, salientou o Presidente do Município de Guimarães.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo