Vila Verde

Vila Verde. Mulher acusada de maus tratos a cães de companhia em Cervães

(c) PET - Imagem ilustrativa

O Ministério Público de Vila Verde acusou uma mulher de Cervães, Vila Verde, de quatro crimes de maus-tratos a animais de companhia, neste caso, a quatro cães. Tinha-os no quintal de casa e não lhes dava comida e água nem lhes limpava as fezes. A GNR em março de 2019, teve de levar os animais, gravemente subnutridos, ao veterinário. Só não morreram porque os vizinhos os foram alimentando às escondidas, avança o Jornal de Notícias.
Conta a mesma fonte que após denúncia da Associação de Defesa dos Animais e do Ambiente de Vila Verde uma patrulha da GNR foi à casa onde vivia mulher, natural do Luxemburgo, e depararam-se com cinco cães, quatro deles “subnutridos, maltratados, com sinais de abandono, sem água nem comida, e a carecer urgentemente de tratamento veterinário”.

Cães salvos por vizinhos

Adianta a fonte citada que, o Ministério Público diz que “a mulher se alheou dos quatro animais, não lhes dava comida nem água, não os lavava nem recolhia as fezes. Refere ainda que eram os vizinhos, condoídos da sorte dos bichos, que introduziam gamelas com comida e água por baixo da rede do quintal, onde dormiam ao relento”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo