Vila Verde

Falta de água em Vila Verde deixa comércio em risco de fechar

A falta de água que se faz sentir nos últimos dias em Vila Verde não afeta só os particulares: as empresas também estão em risco. Depois de meses encerrados devido à pandemia Covid-19, vêm-se agora limitados no seu trabalho por falta de água.

O alerta é dado por Carlos Soares, proprietário de um estabelecimento comercial no extremo do concelho, em Cervães. “Autoridades de Vila Verde e Junta de Freguesia de Cervães, passei por um mau bocado com o meu estabelecimento fechado dois meses e uma semana por uma situação que ninguém tem culpa: Covid. Ou seja um bichinho que ninguém o vê. Agora estou em vias de fechar o meu estabelecimento por motivos de falta de água. Há uma semana que não tenho água para trabalhar.

“Só quero trabalhar!”

Carlos Soares lança o apelo: “Apelo as pessoas que me ajudem a divulgar esta vergonha, esta falta de respeito pelos moradores de Cruto, em Cervães. Só quero trabalhar!”

Câmara Municipal em silêncio

Nas redes sociais repetem-se as críticas e denúncias de falta de água praticamente por todas as freguesias do concelho de Vila Verde. Até ao momento, a Câmara Municipal, liderada pelo social-democrata António Vilela, não prestou nenhum esclarecimento público à população.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo