País

Dezenas de médicos e enfermeiros voluntários apoiaram no acidente do Alfa Pendular

Cerca de 200 passageiros do comboio Alfa Pendular que descarrilou em Soure foram acolhidos no pavilhão multiusos local, onde estão a ser acompanhados por mais de duas dezenas de voluntários médicos e enfermeiros, disse fonte camarária.

Segundo fonte do gabinete da presidência da Câmara de Soure, no distrito de Coimbra, estes médicos e enfermeiros, que se deslocaram voluntariamente para o local, “estão a receber as pessoas, a maioria sem ferimentos, mas também alguns feridos muito ligeiros”.

No local está igualmente presente uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), responsável pela triagem e apoio psicológico dos passageiros que para ali foram transportados.

“Os [profissionais de saúde] voluntários têm feito pequenos tratamentos, algumas suturas e ligaduras”, indicou.

De acordo com a mesma fonte, os passageiros que estão no pavilhão multiusos serão ainda hoje transportados de autocarro para a estação ferroviária de Alfarelos, na localidade de Granja do Ulmeiro, localizada a cerca de 15 quilómetros de Soure, “para seguirem viagem, de comboio, para os seus destinos”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo