Curiosidades

Sindicato acusa CP de “usar” PSP para expulsar trabalhadores do trabalho

(c) Direitos reservados

Os trabalhadores da Risto Rail, que exercem funções nos comboios Alfa Pendular e Intercidades, apresentaram-se ao serviço e ocuparam os seus postos de trabalho nos bares dos comboios Alfa Pendular das 6:40 horas e Intercidades das 6:50 horas.

Escreve o sindicato de horelaria que “A CP Comboios de Portugal, que deveria ter tomado conhecimento da decisão dos trabalhadores, já tinha solicitado a presença da PSP, tendo comparecido cerca de uma dezena de agentes. Mal os trabalhadores entraram nos comboios, os seguranças, aos empurrões e logo a seguir a PSP, impediram os trabalhadores de permanecerem nos seus postos de trabalho, ameaçando-os com o uso da força. Os comboios acabaram por sair da estação de Campanhã, embora atrasados. A atuação da PSP é ilegal, pois as autoridades não se podem intrometer na atividade sindical e laboral”.

Recorde-se que os bares dos comboios Açlfa Pendular e Intercidades continuam encerrados porque a CP decidiu suspender o contrato com a concessionária e o serviço de refeições e ambas as empresas não se entendem quanto à reabertura dos bares. Os trabalhadores estão há cinco meses com os seus salários reduzidos e impedidos de exercer funções.

Os 120 trabalhadores em causa exigem a ocupação efetiva dos seus postos de trabalho e o exercício de funções profissionais, o pagamento dos salários com 100% e a garantia dos postos de trabalho.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo