Mundo

Homicida de emigrante português detido pela Polícia Judiciária belga

(c) Direitos reservados

De acordo com a imprensa belga, o suspeito já tinha sido intercetado pela polícia na noite do homicídio, entre 8 e 9 de agosto, junto ao apartamento do emigrante. A presença do indivíduo junto a uma zona reservada do prédio da cidade de Mons (80 quilómetros a sul de Bruxelas) onde vivia a vítima tinha chamado à atenção de vizinhos. Os moradores suspeitavam que o indivíduo pudesse estar a assaltar alguma residência, avança o Jornal de Notícias.

Sem sinais visíveis de arrombamentos, a polícia libertou-o, mas voltou agora a prendê-lo, dias depois de ter sido descoberto o corpo de Casimiro Barbosa. O corpo da vítima teve de ser autopsiado e foi ontem repatriado para a freguesia de Milhundos, onde foi sepultado.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo