Vila Verde

Vila Verde em alerta por surto de Covid-19 e Vilela em passeio no baloiço do Oural

(c) Direitos reservados

O restaurante Rosa Dias, situado na Praça de Santo António, em pleno centro de Vila Verde, tal como noticiou o Semanário V, está encerrado desde a passada quinta-feira devido a um pequeno surto provocado pelo novo coronavírus.
Alegadamente, uma das profissionais do estabelecimento testou positivo ao SARS-CoV-2, o que levou ao encerramento preventivo do local, determinado pelas autoridades de saúde, para que os restantes funcionários fossem testados e também para desinfeção do espaço.
Fonte próxima do processo disse ao Semanário V que há pelo menos onze pessoas infetadas, após ter surgido o primeiro caso positivo. Familiares estão a ser testados e na porta do restaurante, está afixado um papel a informar que o estabelecimento está fechado “por motivos pessoais”.

O caso tem ligação à Câmara Municipal com a assessora e prima da vereadora Júlia Fernandes a testar positivo e a obrigar a quarentena de funcionários públicos. O Município mantém o silêncio em relação ao sucedido sabendo o V que há muita apreensão entre diretores de serviços e colegas de trabalho dados “ajuntamentos” que se fazem entre os mesmo no bar da Câmara Municipal.
Um dos casos positivos associados ao restaurante “Rosa Dias” tem também ligação com a Misericórdia de Vila Verde encontrando-se a colaboradora em casa e a situação acompanhada pelas entidades de saúde responsáveis.

António Vilela em silêncio e em passeio

O Edil vila-verdense ainda em silêncio continua as suas visitas às freguesias de Vila Verde enquanto o surto segue o seu caminho não havendo ainda uma palavra acerca do tema por parte do presidente da câmara de Vila Verde para com os vila-verdenses. Em tempo de pandemia e com Vila Verde a despontar um eminente surto o presidente e os vereadores, exceto Júlia Fernandes que se encontra em isolamento, surgem em passeio pelo baloiço do Oural aoi lado de Carlos Cação num momento de descontração e de interesse turístico para o concelho, fazendo transparecer uma mensagem de confiança de que tudo está bem em Vila Verde

Vila-verdenses revoltados

O caso está assustar Vila Verde podendo estar aqui um surto eminente de infeção à Covid-19 no concelho e os vila-verdenses assistem incrédulos ao “passeio” do executivo da câmara municipal estranhando o silêncio destes perante tal situação no cencelho de Vila Verde.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo