País

Alerta País. PSP alerta para email fraudulento enviado em nome da polícia

(c) Direitos reservados

A PSP alerta para um email fraudulento enviado em nome da instituição. A mensagem de correio eletrónico, proveniente do endereço [email protected], é falsa.

O envio da mensagem dever-se-á a um vírus, ainda de origem desconhecida. A PSP adianta, no entanto, que está a dar todos os passos para regularizar a situação.

Não é a primeira vez que se divulgam informações enganosas, notícias ou vídeos falsos às pessoas, pelo que este método não é um fenômeno novo. Desde há vários meses que as fraudes por correio electrónico aumentam e progridem ainda mais com a expansão da tecnologia digital, esta prática é atualmente denominada ˈphishingˈ.

Esta forma de fraude consiste em suplantar a identidade de um organismo público oficial para obter ilicitamente dados pessoais e privados. Anteriormente, este crime informático para fins de fraude ou usurpação era praticado através de SMS, mas agora acontece a partir de e-mails, em virtude de as empresas já não utilizarem este meio ou ferramenta digital para o envio de mensagens.

Empresas e instituições enviam correspondência em massa para os usuários por meio de aplicativos de mensagens instantâneas ou e-mails, por isso os especialistas em cibersegurança alertam que nesta nova modalidade de “phishing” os cibercriminosos usam os e-mails com elementos verdadeiros como logos institucionais, linguagem formal e formatos habituais para evitar incorrer em suspeitas.

Neste tipo de crimes informáticos, conseguiu-se falsificar o domínio dos correios para que as vítimas confiem no conteúdo dos e-mails, outra estratégia aplicada é solicitar um montante mínimo às vítimas para dar maior veracidade ao assunto.

Os organismos de segurança têm relatado casos em que os criminosos digitais procedem com uma campanha de envio de e-mails falsos programados para fraudar as vítimas solicitando-lhes dinheiro e dados de agências bancárias. Nestes casos comprovados recomenda-se ir imediatamente ou contactar o banco para comunicar a novidade.

Como medidas de proteção contra fraudes através deste modus operandi recomenda-se o seguinte:

• Remove e-mails de empresas desconhecidas que solicitam seus dados, para as quais você não enviou pedidos.
• Se tiver dúvidas, contacte a empresa oficial directamente através de meios diferentes, tais como números de contacto ou o sistema de chat directo das redes sociais.
• Não responda a este tipo de e-mail, de preferência remova-os com um antivírus atualizado para deter a entrada de malware no seu computador.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo