Desporto

Os atletas portugueses esperados que competiriam nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2021

A expectativa cresce cada vez mais sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, depois da suspensão até o dia 23 de julho de 2021. Entretanto, os atletas portugueses continuam focados na preparação e treinamento na disciplina, apesar da pandemia e incerteza reinante sobre a materialização do magno evento esportivo, no qual poderá apostar desde Betway apostas desportivas, marca reconhecida a nível mundial.

As medidas sanitárias impostas provocaram algumas mudanças nas rotinas habituais dos atletas nacionais classificados para representar Portugal no Japão. Os seis atletas estão conscientes de que o objetivo é conquistar o maior número de medalhas na capital asiática no próximo ano.

Os seis atletas até agora consagrados, com bilhete direto para Tóquio em 2021 são: João Vieira: (50 km marcha), Pedro Pichardo (Triplo salto), Carla Salomé Rocha (Maratona), Sara Catarina Ribeiro (Maratona), Evelise Veiga (Triplo salto), Patrícia Mamona (Triplo salto).

Não obstante espera-se que outros 14 atletas sejam classificados para os Jogos Olímpicos de 2020 por sua atuação em grandes campeonatos, de acordo com o novo ranking mundial.

Disciplinas como o tênis e o golfe se integraram ao ranking de qualidade, chamado “World Ranking”, agora cabe ao atletismo dar-lhes a oportunidade a atletas de elite de Portugal que conseguiram uma destacada presença nos grandes torneios nacionais e internacionais.

Espera-se que outros 14 atletas sejam classificados para os Jogos Olímpicos de 2020 por sua atuação em grandes campeonatos, de acordo com o novo ranking mundial.

Disciplinas como o tênis e o golfe se integraram ao ranking de qualidade, chamado “World Ranking”, agora cabe ao atletismo dar-lhes a oportunidade a atletas de elite de Portugal que conseguiram uma destacada presença nos grandes torneios nacionais e internacionais.

Com esta nova forma de classificação mais inclusiva, quebram-se antigos paradigmas dos Jogos Olímpicos, dando oportunidade a um maior número de concorrentes portugueses a somar-se à lista de atletas olímpicos.

Anteriormente, o acesso aos Jogos Olímpicos estava limitado a um número mínimo de atletas, muitos se submetevam a numerosas provas para ingressar neste seleto grupo, mas com esta nova ferramenta de desempenho muitos desportistas portugueses poderão chegar a Tóquio no próximo ano, e não apenas seis como inicialmente se tinha proposto como mínimo.

Além dos seis classificados aprovados pela “World Atletics”, outros catorze poderiam se juntar ao grupo e participar dos Jogos Olímpicos.Entre os candidatos virtuosos que poderiam integrar a lista dos catorze atletas portugueses restantes encontram-se Nelson Évora, campeão olímpico nos jogos de Pequim 2008 na categoria de salto triplo, Auriol Dongmo, triunfador em importantes campeonatos e clubes portugueses, além de impor-se com as melhores marcas mundiais de pista coberta e ao ar livre. 

Há outras candidatas à classificação como Sara Moreira, campeã européia 2016 na prova de meia maratona, Jéssica Augusto, vice-campeã européia em 2010, categoria 10.000 m e medalha de bronze na meia maratona, e Inés Henriques, atleta destacada em marcha atlética com experiência em jogos olímpicos e medalhista de Bronze na Copa do Mundo de Marcha atlética de 2010.

A delegação de atletismo portuguesa manterá a média de atletas de anos anteriores, 20 atletas que reúnem os requisitos para ir a Tóquio e subir ao pódio, entre outros fortes postulantes com grandes possibilidades à qualificação.Todos estes atletas lusos se encontram em excelentes condições físicas, contam com experiência demonstrável nas diferentes categorias de atletismo e são capazes de lutar para ganhar a medalha de ouro. Os Jogos Olímpicos estão previstos de 23 de julho a 8 de agosto de 2021, enquanto isso, você pode apostar no seu atleta favorito na Betway, a casa de apostas mais prestigiosa da web.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo