Região

“Alcatrão para turistas”: Número de animais mortos em estradas do Gerês dispara

(c) Miguel Brandão Pimenta

Martas, esquilos, cobras e outros animais são agora postal nas estradas que circundam e atravessam o Gerês principalmente na zona de Albergaria.
Os populares falam em “estrada para turistas” e esquecem-se dos animais que fazem parte da paisagem e da fauna da Serra do Gerês. “Só pensam no dinheiro, a Câmara Municipal e ICNF não querem saber. Já avisamos que deveriam ser zonas com trânsito mais lento ou com trânsito limitado”.

Estrada para turistas

Os turistas que visitam o Gerês têm agora muitas estradas renovadas com colocação de alcatrão o que torna as viagens mais rápidas mas aumentam o perigo de atropelamento de animais que circulam pelo seu habitat. “Estradas em terra que são transformadas em autoestradas e depois claro, há o triste cenário de mortes de animais a aumentarem a cada ano que passa”

Grupo de preservação da Reserva Biogenética da Mata da Albergaria

Escrevem os defensores da Mata de Albergaria: “Quantas Martas terão que morrer para que o ICNF tome medidas?
A lista de animais mortos anualmente na estrada que liga o Gerês à Portela do Homem é quase interminável – como esta Marta atropelada às portas de Albergaria. E continuará a sê-lo, se entretanto o ICNF e Câmara de Terras de Bouro não compreenderem que é urgente adoptar medidas de controlo de velocidade em toda aquela região e em particular em Albergaria”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo