Braga

Braga. Lixeira em Palmeira denunciada há 2 anos na câmara municipal e nada foi feito

(C) Carlos Dobreira

O cidadão e conhecido ambientalista Carlos Dobreira volta a denunciar uma lixeira na freguesia de Palmeira. “A lixeira que se observa na Rua do Milénio, na Urbanização da Quinta de São José (Palmeira – Braga) tem vindo a aumentar desde 23 maio de 2019, mês em que comuniquei, via e-mail (ver anexo), a existência de entulho na rua referida ao Presidente da Câmara Municipal de Braga e três Vereadores com pelouros enquadráveis, Vereadores do PS e da CDU, assim como à AGERE. Os autarcas nunca responderam ao teor do e-mail, mas a 24 de maio de 2019, a AGERE respondeu, via e-mail, atribuindo o n.º E08395-201905 ao exposto”, refere o cidadão.

Face à gravidade da situação, a 17 de junho de 2020, foi novamente enviado um e-mail de pedido de intervenção junto do Presidente da Câmara Municipal de Braga, de quatro Vereadores com pelouros enquadráveis, da Junta de Freguesia de Palmeira e da AGERE, mas ninguém respondeu ao pedido de esclarecimentos.

Conta Carlos Dobreira que “apesar dos alertas, hoje tudo continua na mesma e a lixeira aumenta com a deposição, na rua e até em terreno privado, de resíduos de construção e demolição, resíduos perigosos, pedaços de televisões, sacos com tecidos, paralelos, madeira queimada, baldes de tinta, silicone de enchimento, mármores, pedras diversas, latas, tubagens, garrafas de vidro, partes de mobiliário e azulejos. O cheiro é nauseabundo”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo