Ambiente

Pelo menos 380 baleias morreram encalhadas em baía na Austrália

Naracoopa Holiday Units via REUTERS

Pelo menos 380 baleias-piloto presas numa baía remota da Tasmânia morreram, apesar dos intensos esforços para tentar salvá-las, informou hoje um responsável pelos serviços de socorro.

Na segunda-feira, um grupo de 270 baleias-piloto tinham sido encontradas encalhadas. Um segundo grupo de cerca de 200 cetáceos foi visto na manhã desta quarta-feira elevando o número de baleias presas em bancos de areia e praias para 470. Todos os animais deste segundo grupo foram já encontrados mortos e os especialistas consideram que é o maior incidente do género registado na Austrália.

“Temos um número mais preciso e podemos confirmar que 380 cetáceos estão mortos”, disse o diretor dos Parques Naturais da Tasmânia, Nic Deka, à agência de notícias France-Presse (AFP).

Aquele responsável precisou ainda que “30 ainda estão vivas e 50 já foram resgatadas”.

“Continuaremos a trabalhar para libertar o maior número possível de animais”, disse ainda Nic Deka à imprensa local. “Continuaremos a trabalhar enquanto houver animais vivos”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo