Amares

Assembleia de Amares aprova moção de desagrado contra “falta de saúde primária” nos centros de saúde

(c) Direitos reservados

O problemas de falta de saúde primária nos centros de saúde no concelho de Amares foi levantado pelo presidente da UF Caldelas, Paranhos e Sequeiros mostrando o seu desagrado com a situação da saúde primária na freguesia e apresentou casos concretos de idosos que teriam que mandam email para ter direito a medicação, consultas e exames.
A moção de desagrado vai ser entregue no AcEs Gerês- Cabreira e apela à mudança urgente na forma como se está a gerir a saúde primária na região.

Inicialmente o presidente da Junta pediu que a Assembleia aprovasse um voto de protesto, mas depois, com o consenso de todas as bancadas acabou numa moção de desagrado onde é dito que “há insuficiência de recursos” e é pedido “a retoma da atividade com procedimentos mais ágeis e eficazes e com mais recursos ao serviço das populações”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo