País

Chega quer proibir acesso a habitação social a quem apresente sinais de riqueza

(c) Direitos reservados

O partido Chega apresentou no Parlamento, um projeto de Lei que visa impedir o acesso a habitação pública a quem apresente “manifestações de fortuna e outros acréscimos patrimoniais não justificados”.
“É, frequente observar que os focos de habitação pública disponíveis são ,muitas vezes, distribuídos a indivíduos ou famílias que, declarando carências económicas, recebem do Estado uma casa, dada ou a valores de renda naturalmente simbólicos, mas em contrapartida, num comportamento de todo e em todo incompreensível, têm à porta dessa mesma casa carros de alta cilindrada ou apresentam diariamente sinais exteriores de riqueza de vária índole”, expõe André Ventura citado pelo Correio da Manhã.

O deputado quer as casas entregues a “quem efetivamente necessita e não aos habituais infratores do sistema de distribuição e apoio social”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo