País

País. Unidades de saúde colocam seguranças a fazer triagem e a avaliar sintomas

(c) Redes Sociais

Há relatos e denúncias a circular em vários sites e redes sociais sobre seguranças a fazer triagem à entrada de Unidades de Saúde Familiar e hospitais, questionando os utentes sobre os seus sintomas. Um utentes denuncia que “é totalmente ilegal. Um segurança não está sujeito a dever ético, nem legal de confidencialidade médica. Ninguém, deve divulgar informação tão privada como sintomas de doenças a um segurança. O absurdo tem de ter limites. O direito ao sigilo médico é inviolável e está no cerne dos sistemas de saúde, isto é insultuoso à classe médica que parece estar em silêncio sobre tal violação”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo