Terras de Bouro

Ativista de Braga alertou Marcelo para a poluição no Gerês em dia de festa no PNPG

(c) Direitos reservados

Carlos Dobreira conhecido ativista ambiental de Braga escreve que:
“Na Mata da Albergaria, alertei o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para o facto de não estar a ser cumprida a Lei n.º 88/2019, de 3 de setembro (Redução do impacto das pontas de cigarros, charutos ou outros cigarros no meio ambiente) no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) e nos concelhos que integram o mesmo, em particular no concelho de Terras de Bouro.
De facto, continua a ser possível observar a deposição de beatas de cigarro em locais conhecidos como a Portela do Homem, Cascata de Fecha das Barjas, imediações do Poço da Ponte Feia, bermas do caminho florestal que atravessa a Mata da Albergaria e bermas da N308-1, mas também no local onde falei com o Presidente da República.
Em relação ao concelho de Terras de Bouro, aproveitei o ensejo para mostrar as 327 beatas de cigarro recolhidas na prática de plogging (1) na Avenida Artur Arantes, Mata da Albergaria e frente ao Pavilhão Gimnodesportivo e ao Centro de Saúde, no passado Domingo, em 1h e 11m, dia em que recolhi também 50 litros de lixo e resíduos recicláveis.
Face ao exposto, fiz um repto ao Presidente da República para fazer um apelo à sociedade portuguesa por forma a esta respeitar a Natureza, em particular áreas protegidas como Reserva Mundial da Biosfera.
O teor desta Nota de Imprensa foi dado ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF)”.
Recorde-se que Marcelo Rebelo de Sousa esteve no Gerês para cantar os parabéns ao Parque Nacional Peneda-Gerês.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo