Braga

Braga. Falta de transporte para estudantes com necessidades especiais chega à Assembleia da República

(c) Direitos reservados

O alerta foi dado pelo Movimento Cidadão Diferente (MCD) que, em resposta ao PAN, identificou os agrupamentos de Águas Santas (Maia), Alberto Sampaio (Braga), Maximinos (Braga) e Real (Braga) como alguns dos locais onde esta situação se verifica.
Num registo aproximado, o Movimento fala em cerca de 80 alunos com necessidades especiais que são afetados por esta situação, sendo que o número será substancialmente superior a nível nacional.
“Estas famílias e estudantes estão perante esta dificuldade acrescida por falta de articulação entre a DGEstE e o Ministério da Educação”, alerta Bebiana Cunha, deputada à Assembleia da República, reforçando que “temos assistido ao jogo do empurra nesta matéria, o que se traduz em constantes atrasos na falta de respostas, que urgem para garantir uma educação inclusiva”.
Assim, o Grupo Parlamentar do PAN questionou o Governo sobre as razões para o atraso no lançamento dos concursos públicos; sobre as medidas e indicações adotadas em conjunto com as autarquias para garantir a resolução deste problema e sobre o número de estudantes afetados ao nível nacional e os respetivos concelhos.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo