Vila Verde

Vila Verde. Cemitérios abrem no dia de todos os santos sem normas definidas pela câmara

(c) Direitos reservados

A Câmara Municipal de Vila Verde emitiu um comunicado acerca dos dias 1 e 2 de novembro para a abertura dos cemitérios do concelho. Como é suscetível a decisão para para as autarquias em Vila Verde, casos a caso, sem normas definidas pelo município. “A batata quente está do lado das juntas” revelou ao V um morador do concelho.

Comunicado na íntegra:

“Atendendo ao quadro epidemiológico causado pela COVID 19 na região e no nosso país, mas procurando, simultaneamente, compatibilizar o sentimento de piedade expresso pelos fiéis católicos que todos os anos fazem uma romagem de fé e de esperança aos cemitérios onde repousam os restos mortais dos seus entes queridos, quer na solenidade de Todos os Santos vivida a 01 de novembro, quer no Dia dos Fiéis Defuntos (dia 02 de novembro), as autarquias do município de Vila Verde optaram por uma situação de “normalidade condicionada” na tentativa de se encontrar um justo, embora difícil, equilíbrio entre os imperativos de proteger a saúde pública e o respeito pelos sentimentos de compaixão revelados pelos Munícipes.
Concordamos, aliás, com a Conferência Episcopal Portuguesa pois também entendemos que não seria apropriado o encerramento completo dos cemitérios. Assim, considerando o atual estado da pandemia, é sensato que se imponham medidas suplementares de proteção, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, o condicionamento do número de visitantes e em simultâneo a própria duração temporal das visitas aos espaços cemiteriais, estabelecendo-se um limite máximo de visitas em função da dimensão dos espaços.
Mais ainda, apelamos a todos os fiéis das nossas comunidades paroquiais, que caso lhes seja possível, transfiram as tradicionais visitas realizadas nos habituais dias 01 e 02 de novembro estendendo-as e espaçando-as ao longo do mês. Desta forma estariam a transfigurar a saudade e o luto, próprio destes dois dias, em momentos de oração mais longos e espaçados que se repartiriam durante todo o mês, em memória daqueles que nos precederam”.

Cemitério Municipal de Vila Verde

Conheça o aqui despacho

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo