Educação

Sindicato denuncia diferente tratamento em várias escolas com casos Covid-19

(c) Direitos reservados

O S.TO.P. – Sindicato de Todos os Professores denunciou (provas em anexo) às entidades competentes que há escolas que estão a convocar professores para *reuniões presenciais* (algo que questiona as orientações do ME e da DGS);

Escreve o S.T.O.P que apresentará queixa nomeadamente à Provedoria da Justiça pela discrepância gritante entre escolas/regiões na forma de atuação perante casos de infeção. “Não é justo que haja escolas/cidadãos de 1ª e de 2ª categoria”

Ontem foi noticiado que o grupo etário dos 10 aos 19 anos é claramente aquele onde o aumento de casos COVID-19 tem sido mais expressivo, mais do que duplicando em apenas um mês (um aumento de 142%!). A bem da saúde pública, o S.TO.P. exige nomeadamente um protocolo igual em todo o país que torne uniforme as medidas a adotar perante infeções nas escolas (com testes para todos os contactos próximos, incluindo os da escola).

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo