Braga

Arquidiocese de Braga altera horário das missas durante o recolher obrigatório

(c) Direitos reservados

A Arquidiocese de Braga deu orientações para este novo período de estado de emergência e de recolher obrigatório ao fim de semana. “Sabemos que a vida pastoral das nossas comunidades e da Arquidiocese tem no Sábado e Domingo uma relevância única. As manhãs do fim-de-semana, até às 13 horas, continuam a ser tempo para uma normalidade pastoral. Pelo contrário, as tardes de Sábado e Domingo não poderão ser ocupadas com atividades pastorais, sejam celebrações ou momentos de formação. Tudo deverá ser repensado a partir destas restrições que devemos cumprir, com muito custo mas com grande sentido de responsabilidade. Não podemos aceitar exceções ou interpretações subjetivas. Da parte da Arquidiocese iremos cumprir as orientações governamentais. Cada pároco deverá equacionar a oportunidade de passar as eucaristias dominicais vespertinas para o Sábado de manhã, a título excecional e durante este período de emergência. Não podemos, por isso, ter celebrações ou outras atividades depois das 13h de Sábado e Domingo. Para além daquilo que poderemos pensar ser melhor para este período, não queremos ser motivo de contágio direto ou indireto. Queremos ajudar a sociedade a tomar consciência de que há medidas duras necessárias para o bem comum, ainda que nem todos estejam de acordo. Não nos deixemos iludir. A situação é grave. Temos de ser parte da solução. Devemos, também, estar atentos a possíveis orientações a dar pela Conferência Episcopal”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo