Vila Verde

Vilela deseja coragem aos vilaverdenses nesta segunda vaga: “E medidas? E ajudas?”

(c) Direitos reservados

O presidente da Câmara de Vila Verde escreveu “mais uma” carta aos vilaverdenses manifestando o seu apoio e coragem para a segunda vaga da pandemia.

António Vilela começa “por manifestar a minha solidariedade a todos os Vilaverdenses que estão a braços com esta doença e por lhes desejar uma rápida e plena recuperação” e fala em “tempos difíceis” que “exigem de todos nós coragem, espírito de sacrifício e resiliência”.

“Medidas para ajudar a restauração? Comércio? Zero”

Um comerciante falou com o Semanário V revoltado com a declaração “mansa, só de palavrinhas” de António Vilela. “Que medidas tomou a câmara de Vila Verde para ajudar o comércio? Meia dúzia de viseiras em março e até hoje nem mais uma medida. O estacionamento em Vila Verde vai ser pago em dezembro?”, questiona o comerciante, cansado de tantas palavras e poucos atos.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo