Vila Verde

Município de Vila Verde atribuiu voto de louvor a Historiador Luís Gonçalves Ferreira

(c) Direitos reservados

Luís Gonçalves Ferreira nasceu há 30 anos, em Vila Verde e vive em Braga. É licenciado, mestre e doutorando em História pela Universidade do Minho, além de investigador do Laboratório de Paisagens, Património e Território (Lab2PT) e membro do grupo História Social a Norte. Venceu três Bolsas de Mérito pela Direção-Geral do Ensino Superior, três Bolsas de Excelência pela Universidade do Minho e o Prémio Eng. Duarte do Amaral pela Sociedade Martins Sarmento. A sua tese doutoral, “Pobres, doentes e esfarrapados? Indumentária de pobres no contexto da assistência urbana do Porto e Lisboa (séculos XVII e XVIII)”, tem apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Já publicou 15 artigos científicos sobre a História social e cultural, com foco no vestuário, na pobreza, no género e nas instituições assistencialistas, sendo ainda autor de vários blogues.
Recentemente, Luís Gonçalves Ferreira, venceu o Prémio Lusitania História, da Academia Portuguesa da História, tal como noticiou o V.

Voto de louvor aprovador por unanimidade

O Município de Vila Verde escreve no voto de louvor “Atendendo a que é da mais elementar justiça reconhecer o trabalho e o mérito deste promissor jovem vilaverdense e, considerando que a sua conquista do Prémio Lusitania História contribui para o engrandecimento, bom nome e glória do Concelho de Vila Verde. A Câmara Municipal de Vila Verde, reunida hoje, aprova unanimemente, um voto de Louvor ao jovem historiador vilaverdense Luís Gonçalves Ferreira.

 

Foto: Direitos Reservados

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo