Vila Verde

Vila Verde. REN vai reabilitar Caminho de Santiago na Lage após acordo com a junta

(c) Direitos reservados

A Redes Energéticas Nacionais (REN) vai reabilitar Caminho de Santiago na Lage, Vila Verde.

Em visita ao local, onde se procedeu o abate ilegal de sobreiros, tal como noticiou o V, a REN comprometeu-se com a junta de freguesia representada pelo presidente Carlos Pedro, mediador deste acordo, a reabilitar o Caminho de Santiago na Lage.

A situação remonta a junho deste ano quando a REN devastou uns sobreiros e carvalhos no Caminho de Santiago na freguesia da Lage e a junta de freguesia acionou uma queixa para evitar que o problema fosse ainda mais catastrófico.

Hoje, em visita ao local, a REN comprometeu-se a requalificar o troço e a colaborar com um futuro centro interpretativo na freguesia da Lage e futuramente cooperar com a Câmara Municipal de Vila Verde para efetuar uma intervenção em todo o concelho, reabilitando o caminho de Santiago.

Ao Semanário V, Carlos Pedro, presidente da junta da Lage mostrou-se muito satisfeito com a posição da REN: “Foi uma decisão sensata já que na Lage passam três linhas de alta tensão e esta é uma forma de minimizar os danos causados no troço do Caminho de Santiago com o abate e desbaste de sobreiros e carvalhos. A REN irá reabilitar, requalificar e melhorar também as infraestruturas anexas ao caminho, conclui Carlos Pedro.”

Junta da Lage lança repto à REN

A junta da Lage lançou um repto à REN como forma de compensação das populações onde passam as linhas de alta tensão, não só na Lage mas em todo o concelho.

“Lançamos o desafio à REN para ser parceiros das populações onde as linhas de alta tensão causam mais transtornos, revelou Carlos Pedro, presidente da junta da Lage”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo