Braga

Braga. Denúncia mostra autênticas lixeiras na UF Real, Dume e Semelhe

(C) Carlos Dobreira

O ativista Carlos Dobreira fez denúncia de pequenas lixeiras espalhadas pela UF Real, Dume e Semelhe.

Escreve Carlos Dobreira que “Hoje, numa caminhada de alta performance detectei a DEPOSIÇÃO de resíduos em vários locais da UFRDS. Assim, nas Ruas Caminho da Ordem e dos 4 Caminhos é possível observar resíduos de construção e demolição (tijolos, areia, sacos com materiais de construção, uma banheira, pedras, madeira) e resíduos recicláveis e lixo indiferenciado. Já junto ao Nova Arcada, próximo da Rua do Gontijo, um contentor da AGERE está rodeado de mobiliário (um sofá e madeira), resíduos de construção e demolição (pedaços de madeira, uma banheira, tubagens e pavimento) e vidros quebrados. A poucos metros, numa rua sem saida e junto à N101 observam-se mais resíduos desde partes de frigoríficos e arcas, pedaços de televisões e muitos resíduos de construção e demolição. Por fim, no CM 1282-2, proximo da Urbanização de Espeçande, observam-se dezenas de resíduos recicláveis (garrafas de plástico e latas) e pedaços de esferovite”.

Fotos: Carlos Dobreira

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo