Vila Verde

Santa Casa de Vila Verde aprova por unanimidade orçamento de 26 milhões de euros

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A Assembleia Geral da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, reunida no passado dia 26 de novembro, aprovou, por unanimidade, o Plano de Atividade e Orçamento de 2021 proposto pela Mesa Administrativa da Irmandade. Em ano de pandemia a Santa Casa de Vila Verde continua a crescer e a tentar colmatar problemas do concelho de Vila Verde e da região sempre sustentada numa gestão criteriosa e acima de tudo virada para o bem-estar dos doentes, utentes e crianças.

Mais serviços e crescimento do hospital

Neste plano há projetos e metas traçadas com astúcia mas que mereceu a confiança a 100% da irmandade da instituição. Na área da saúde o Hospital da Santa Casa de Vila Verde em pleno funcionamento, com mais uma sala de Bloco Operatório e recobro, aumentado a capacidade para um número entre 30 a 40 por dia e acresce também novas especialidades (oncologia, imuno-hemoterapia, entre outras) com o laboratório de análises equipado com alta qualidade para análises Covid-19, onde se realizam os testes PCR e Rápidos com eficácia comprovada, a preços muito acessíveis.

Área Social, um desafio constante

Na área social e da infância, entre as nossas Creches, Pré-Escola e Colégio, a instituição continua a acolher cerca de 500 crianças, onde, o ano transato, fez obras de requalificação das salas e do sistema de ventilação. Na área de apoio aos idosos, as ERPI continuam com a capacidade máxima e extensa lista de espera, com mais de 400 idosos, num trabalho contínuo e diário de toda a equipa principalmente neste ano de pandemia.
Na área de projetos e candidaturas, destacámos a construção da ERPI em Marrancos, com capacidade para 40 utentes, em parceria com a Arquidiocese de Braga.
No apoio à população mais carenciada, o projeto POAPMC, em articulação com o ISS, fornecerá géneros alimentares a agregados familiares (cerca de 644) dos concelhos de Vila Verde e Terras de Bouro. A loja solidária estará aberta ao público, fornecendo roupa e outros bens a quem procura, de forma gratuita.
Para prosseguir todas as atividades previstas e a sua missão, a Santa Casa de Vila Verde conta com um orçamento estimado num total de 26.171.497,55€. De realçar que, de comparticipações da Segurança Social (ERPIS e Infância), a instituição recebe cerca de 2.136.792€, mas por sua vez, paga ao Estado, em Impostos e Contribuições, cerca de 4.130.000€.

“Continuaremos a lutar diariamente para que consigamos prestar a todos os que nos procuram, os melhores serviços com a máxima qualidade, empregando mais de 700 colaboradores e 120 médicos. Queremos mais, este ano os desafios são maiores mas queremos ser uma referência nacional e orgulhar o concelho de Vila Verde”, refere Bento Morais provedor da Santa Casa de Vila Verde em comunicado.

Comentários

topo