Vila Verde

Corrupção: Vilela, Manuel Lopes e Carlos Tiago – Todos na mira da PJ

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar contratos feitos de ajustes diretos entre a Câmara de Vila Verde e empresas que pertencem – ou com ligações – a presidentes de junta de freguesia.

António Vilela (PSD), edil, é o principal visado nas buscas da PJ que decorreram ontem na Câmara Municipal, no âmbito de um processo por corrupção, prevaricação e participação económica.  Em causa estão vários negócios entre a Câmara de Vila Verde e diversas empresas de presidentes de junta do concelho, que deram origem a milhões de euros em contratos públicos, como noticiou em exclusivo o Semanário V em 2018.

Segundo a edição do Correio da Manhã de hoje, além do presidente da Câmara, também o seu vice-presidente, Manuel Lopes e o seu chefe de Gabinete, Carlos Tiago Alves, deverão ser constituídos arguidos.

As diligências de ontem foram acompanhadas por duas magistradas do Departamento de Investigação e Ação Penal Regional (DIAP) do Porto, da secção de investigação económica e financeira.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo