País

Governo permite celebrar o natal em família mas apela a festejos com pouca gente

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

“Devemos celebrar o natal, a amizade mas não devemos partilhar o vírus”, apelou António Costa no comunicado ao país.
O primeiro ministro apelou a um natal com pouca gente e que cada família saiba organizar-se de forma a que a melhor prenda de natal seja não partilhar o vírus.

Em atualização

Comentários

topo