Braga

Câmara de Braga atribui medalha de ouro a instituição acusada de corrupção passiva pelo MP

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O Município de Braga vai atribuir medalhas de mérito municipais a várias entidades e personalidades que se notabilizaram pelos seus feitos cívicos ou méritos pessoais.
No total, serão 58 as medalhas de mérito que serão atribuídas hoje, numa cerimónia que irá decorrer pelas 18h00 no Altice Forum Braga.

A medalha de Grau Honra será atribuída ao Hospital de Braga.

Já medalha de Grau Ouro será atribuída a Domingos Macedo Barbosa, Fernando Monteiro (póstumo), Francisco de Carvalho Guerra, Jaime Lemos (a título póstumo), João Aguiar Campos, João Duque, José da Cruz Vilaça, José Teixeira, Lars Montelius, Nuno Sousa, Pedro Rodrigues (a título póstumo), Rui L. Reis e Rui Vieira de Castro.
A medalha de Grau Ouro será também atribuída a diferentes instituições da Cidade. Nesse sentido, a Associação de Futebol de Braga, a Cachapuz, a Chapelaria Machado, a Confraria do Bom Jesus do Monte, o Correio do Minho, as Frigideiras do Cantinho, o Grupo Casais, o Instituto Monsenhor Airosa, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, a Irmandade de Santa Cruz, o Mercado São João e o Museu dos Biscaínhos serão agraciadas pelo Município durante esta cerimónia.
A medalha de Grau Prata será atribuída a Adriano Cerqueira (a título póstumo), Altino do Tojal (a título póstumo), António Araújo, Eduardo José Gomes Camaselle Mendez ´Dito´ (a título póstumo), Eduardo Pires de Oliveira, Elisa Lessa, Elisabete Matos, Elísio Araújo, Fernando Jorge (a título póstumo), Helena Pina Vaz, Hugo Delgado, Jerónimo Fernandes (a título póstumo), Joana Azevedo, Jorge Amado, Jorge Cruz, José Delgado (a título póstumo), José Miguel Braga, Luís Macedo, Maria Torcato Batista, Mariana Machado, Mário Silva e Pedro Morgado.
O Município de Braga vai também atribuir a medalha de Grau Prata a instituições da Cidade. A Associação Portuguesa de Deficientes – Delegação de Braga, o Banco Alimentar Contra a Fome de Braga, o CAB – Centro Académico de Braga, a Centésima Página, a FAJUB – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Braga, o Grupo Folclórico S. João Batista de Nogueira, a Labina – Fundição Injetada, Lda, a Liga Portuguesa Contra o Cancro – Delegação de Braga, a RUM – Rádio Universitária do Minho e o Tin.Bra serão também homenageadas pela Autarquia Bracarense.

Irmandade de Santa Cruz e provedor julgados por exigir dinheiro por vagas em lar

Um dos medalhados, a Irmandade Santa Cruz está acusada pelo Ministério Público de Braga do crime de corrupção passiva no setor privado, por terem recebido indevidamente 297 mil euros, correspondentes a ‘donativos’ ou ‘joias’ de entrada de 12 idosos no lar da instituição, segundo avança o O Minho.

Segundo a mesma fonte, Vilaça, que foi provedor entre 2006 e 2014, é acusado de, à revelia das normas constantes dos acordos celebrados com a Segurança Social, exigir verbas, entre 10 a 40 mil euros, para admitir pessoas idosas na instituição, sem que existisse uma lista de espera legal.

Comentários

topo