Braga

PAN denuncia Câmara de Braga por abate de árvores “aptas” e vai pedir fiscalização

(c) PAN Braga
Partilhe esta notícia!

O PAN ( Partidos das Pessoas-Animais-Natureza) da concelhia de Braga denunciou casos de árvores sujeitas a abate por parte da Câmara de Braga que apresentavam condições de sobrevivência. Escreve o PAN “mais uma vez, a autarquia bracarense e o seu pelouro do ambiente não pára de nos surpreender. Desta vez foi o abate de uma espécie na Av. 31 de Janeiro, que não tinha qualquer problema. E mais: esta árvore estava no estudo da UTAD, sinalizada apenas para poda de arejamento, sendo um Bordo (Acer Negundo) que gozava de “uma condição razoável com uma copa densa”. Afinal para que servem os estudos se “vai tudo a eito”? Além de tudo isto, a árvore foi substituída no mesmo local de outras por espécies que tiveram de ser retiradas por doenças. Sem qualquer análise ao local ou uma investigação, o que nos garante que a jovem árvore ali hoje colocada, quando finalmente daqui a 20 ou 30 anos estiver a fazer o papel da atual, não terá o mesmo fim?”

PAN dirige-se a Altino Bessa

Escreve o PAN, numa alusão ao vereador Altino Bessa, “Não Sr. Vereador, os cidadãos e os partidos políticos não põem em causa a capacidade de trabalho do seu pelouro e dos seus técnicos. Muitas vezes são vocês que o fazem. Iremos pedir esclarecimentos às entidades responsáveis, e continuaremos a fazer o que tem que ser feito para proteger pessoas, bens e natureza, disso não abdicamos! Estamos Atentos, Estamos Presentes”.

Comentários

topo