Saúde

“Já se sente os efeitos do natal na pandemia no hospital de S. João”, alerta médico

(c) Direitos reservados

Não é uma surpresa, mas nem por isso deixa de ser um motivo de “alerta” e “preocupação”. Quem o diz é Nelson Pereira, coordenador do serviço de urgência e medicina interna do Hospital de S. João, no Porto, ao explicar que após o período festivo existe “um claro crescimento” do número de doentes que recorrem ao serviço de urgência. “Voltamos a ter mais de 100 caos suspeitos por dia, número que do que vai em linha ao que tínhamos no fim do mês de novembro. Há um óbvio crescimento, é algo que estávamos à espera, não é uma surpresa”, avança o Observador.

Segundo a mesma fonte, o médico sublinha que os suspeitos que são positivos ao novo coronavírus rondam os 25 ou 30%, sendo este “o principal sinal de alerta de há um agravamento da situação”. “Deixa-nos claramente alerta sobre o que vai acontecer nas próximas semanas. Certamente é efeito da época natalícia, não apenas dos dias 24 ou 25 de dezembro, mas de todo o ambiente à volta das festas”, onde as pessoas convivem e se mobilizam mais, provocando “um aumento do número de contactos”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo