Viana do Castelo

Sete pescadores resgatados após naufrágio ao largo de Viana do Castelo

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Os sete pescadores de uma embarcação de pesca costeira que afundou na madrugada de hoje ao largo de Viana do Castelo foram resgatados e encontram-se bem, disse à Lusa o comandante do porto local.

Segundo Sameiro Matias, o alerta foi dado cerca das 02:45 quando a embarcação de pesca, registada em Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha, distrito de Viana do Castelo, começou “a meter água”.

Segundo o comandante da Capitania de Viana do Castelo, os sete tripulantes foram resgatados por um barco que se encontrava nas proximidades, sendo que o porto acionou a embarcação salva-vidas, tendo procedido ao transbordo dos sete homens, “que nunca chegaram a estar dentro de água”.

Sameiro Matias adiantou que, dos sete pescadores, apenas um teve de ser transportado ao Hospital de Viana do Castelo, “por se ter magoado num ombro” durante a operação de transbordo do barco que o socorreu para o salva vidas da Autoridade Marítima Nacional.

O capitão do porto referiu que, após o transbordo, a embarcação “afundou-se por completo, a cerca de 32 quilómetros da costa de Viana do Castelo”.

Sameiro Matias disse que apenas o inquérito ao sinistro marítimo irá determinar as causas do afundamento do barco.

“Apesar de se ter perdido a embarcação tudo acabou por correr bem, o tempo e as condições do mar ajudaram a que os sete tripulantes fossem salvos com sucesso”, sublinhou.

A embarcação está registada no porto de Vila Praia de Âncora, concelho de Caminha, mas tinha posto de atracagem no porto de Viana do Castelo.

Comentários

topo