Vila Verde

Vila Verde. Condutores desesperam com estado das estradas: “já parti duas jantes”

(c) Cláudio Vital Marques
Partilhe esta notícia!

Os problemas da rede viária em Vila Verde é um dos assuntos da ordem do dia no concelho, que se agravou com a chegada do inverno pois, em muitos locais, a política do “tapa-buracos” que se verifica em muitas freguesia de Vila Verde já não consegue resolver os problemas das vias. Nas últimas semanas, são muitas as denúncias que moradores fazem chegar ao Semanário V de estradas com “crateras”, buracos, redes de saneamento inacabadas, lamas, enxurros e até um vídeo de “couves a nascer na estrada” foi possível, tal como noticiou o Semanário V.

Estrada Municipal EM 537

À redação do Semanário V chegou a informação de diversos moradores do estado das estradas mais a Norte do concelho de Vila Verde. Buracos, bermas por limpar, trajetos intransitáveis, ribadas de terras e muitos outros problemas que se viram agravados com as chuvas fortes que caíram nos últimos dias no concelho de Vila Verde.
Uma das estradas que gera maior contestação é a Estrada Municipal 537 que liga Pico de Regalados a Gomide, passando por Pico São Cristóvão com ligação a Sande e outras freguesias do norte do concelho: “estão à espera das eleições para iniciar o tal plano rodoviário que tato falam, mas as imagens falam por si”.

Em Barbudo condutor parte jantes de automóvel

Na estrada que faz a ligação da rua dos bombeiros à EM de acesso a Turiz e Moure apresenta-se com buracos profundo, cascalho espalhado e já provocou estragos em automóveis. Ao Semanário V um condutor conta que já partiu duas jantes do seu automóvel e questiona “quem irá pagar?”. A via, há muito reclamada pelos moradores, foi em tempos um desvio para quem se deslocava de Turiz, Lage, Moure e de outras freguesias para chegarem a Vila Verde no acesso à rua dos bombeiros. Neste momento encontra-se praticamente intransitável.

Moradores e utilizadores revoltados com a situação

Em Vila Verde vive-se num clima de revolta entre muitos moradores que diariamente têm que atravessar estas vias com os seus automóveis. Problemas com jantes, amortecedores, suspensões e pneus que trazem constrangimentos e custos económicos à vida de cada um deles. “Só de trator”, foi o desabafo de um dos moradores.

Vila Verde. Cidadão denuncia estradas em Gomide onde “até couves nasceram”

Comentários

topo