Ponte da Barca

Câmara de Ponte da Barca exige passagem autorizada na fronteira em Lindoso

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca exigiu ao Governo a criação de um ponto de passagem autorizado na Fronteira da Madalena, em Lindoso, após total encerramento decretado desde Domingo.

Para Augusto Marinho “o bloqueio absoluto da Fronteira da Madalena prejudica gravemente os muitos trabalhares transfronteiriços que utilizam esta ligação, assim como penaliza fortemente todos os meios de transporte de mercadorias na mais importante via de ligação do Alto Minho à Deputação de Ourense”.

O autarca barquense solicitou ao Ministro da Administração Interna, em alternativa, a criação de um ponto de passagem autorizado à semelhança de outros concelhos, em que é permitida a circulação de trabalhadores e mercadorias nos dias úteis e em horários definidos, atenuando assim os efeitos do controlo das fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha.

Tal como noticiou o Semanário V, a Fronteira da Madalena, em Lindoso está totalmente encerrada e monitorizada pela Guarda Nacional Republicana.

 

 

Ponte da Barca. Fronteira em Lindoso totalmente fechada até 14 de fevereiro

 

Comentários

topo