Braga

“Tolerância” no estacionamento durante vacinação contra a Covid-19 em Braga

(c) Município de Braga
Partilhe esta notícia!

Os Estacionamentos Urbanos de Braga (EUB), através de comunicado revelado pela Câmara de Braga, irão aplicar uma política de tolerância na fiscalização do pagamento dos parquímetros em toda a zona envolvente ao Centro de Saúde junto ao Largo Paulo Orósio, tendo em vista o bom funcionamento do plano de vacinação contra a Covid-19 no Concelho de Braga, que se inicia amanhã, Quinta-feira, dia 4 de Fevereiro, neste local. Nesta fase, serão vacinados os utentes com idade superior a 80 anos e cidadãos com idade superior a 50 anos com insuficiência cardíaca ou com doença coronária, insuficiência renal, DPOC ou com doença respiratória sob ventiloterapia.

“Ao longo das próximas oito semanas, período durante o qual deverá decorrer este processo de vacinação, os cidadãos ficam isentos do pagamento no estacionamento à superfície na zona envolvente à Unidade de Saúde de Maximinos, local onde se irá administrar a vacinação no Concelho de Braga”, explica Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

Numa medida em tudo similar à aplicada durante os fins-de-semana que antecederam o Natal, esta tolerância aplica-se em concreto à Rua Bombeiros Voluntários, Largo Paulo Orósio e Rua do Alcaide.

Destacando a enorme colaboração que tem existido entre o Município, o Agrupamento de Centros de Saúde do Cávado (ACES – Braga), a Cruz Vermelha e os Bombeiros Voluntários no sentido de criar as respostas logísticas que permitem o desenvolvimento do plano de vacinação do Concelho, Ricardo Rio lembra que “ao longo destas últimas semanas foram visitadas dezenas de instituições sociais e vacinados mais de 900 profissionais e outros tantos utentes dos lares de terceira idade de Braga”.

Um trabalho que, segundo o Autarca Bracarense, terá continuidade nos próximos tempos e que se reveste de especial importância para a implementação do processo de vacinação à população.

“A partir de amanhã inicia-se o plano de vacinação para um universo de mais de 18 mil pessoas que passarão pelo Centro de Saúde onde se irá administrar a vacinação. Mais uma vez este é um processo desenvolvido em colaboração entre estas entidades quer ao nível logístico, quer ao nível de transporte”, conclui o Autarca.

Comentários

topo