Braga

Município de Braga retira coberturas com amianto em seis edifícios escolares

(c) Município de Braga
Partilhe esta notícia!

O Município de Braga vai proceder à substituição das coberturas de fibrocimento em seis edifícios escolares, os últimos estabelecimentos de ensino do Concelho com placas de fibrocimento com amianto na sua composição, segundo comunicado a que o Semanário V teve acesso.
O relatório final das propostas será analisado amanhã, em sede de reunião do Executivo Municipal e representa um investimento de cerca de um milhão de euros, com candidatura a financiamento de 643 mil euros.

Escolas intervencionadas

As intervenções abrangem a EB de Fraião, EB do Coucinheiro, na freguesia de Palmeira, a EB 2,3 do Mosteiro e Cávado, em Panoias, EB 2,3 Frei Caetano Brandão, em Maximinos, EB 2,3 de Lamaçães e a EB 2,3 de Palmeira.
“Temos vindo a realizar várias intervenções nos edifícios escolares que conferem aos alunos melhores condições de conforto e segurança e contribuem decisivamente para a qualidade de vida das crianças dos profissionais”, refere Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga em comunicado.
A medida enquadra-se na estratégia de investimento que a Autarquia Bracarense tem vindo a realizar na requalificação do parque escolar do Concelho e, tendo em conta o Programa de Estabilização Económica e Social, bem como no Programa Nacional de Reformas, foi efectuado um diagnóstico dos estabelecimentos de ensino em articulação com Ministério da Educação, Ministério da Coesão Territorial, Programa Operacional Regional Norte 2020 e com a CIM Cávado.

Comentários

topo