País

GNR encerra festa ilegal com 28 pessoas sem máscara em vivenda particular

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Desde que foi decretado o confinamento geral, são muitas as festas ilegais que as autoridades terminaram, tal como noticiou o Semanário V.

Através de comunicado a que o Semanário V teve acesso, a Guarda Nacional Republicana (GNR) conta que, no dia 13 de fevereiro, na localidade de Marmeleira, no concelho Rio Maior, a GNR, através do Comando Territorial de Santarém, encerrou uma festa ilegal com 28 pessoas.
Na sequência de uma denúncia de que estaria a decorrer uma festa numa propriedade alugada, os militares da GNR deslocaram-se de imediato para o local, tendo verificado que, para além de se tratar de um evento não autorizado, os participantes não faziam o uso da máscara, nem garantiam o distanciamento social.

Foram identificadas 28 pessoas

No decorrer das diligências policiais foram identificadas 28 pessoas, que se encontravam deslocadas do seu concelho de origem, tendo sido encaminhadas para os seus respetivos domicílios.
Face ao incumprimento do dever geral de recolhimento domiciliário, à violação da proibição de circulação entre concelhos e à inobservância das regras de distanciamento social e de realização de eventos, foram elaborados os respetivos autos de contraordenação.

Comentários

topo