País

Irmãos (5 e 8 anos) com cancro apelam ajuda para pagar tratamento nos EUA

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Tal como noticiou o Semanário V, dois irmãos, de 5 e 8 anos lutam contra a mesma doença. Um movimento solidário foi criado para angariação fundos para que os irmãos possam ir a Filadélfia ser avaliados e iniciar o tratamento para “matar o bicho de vez”. “Queremos agradecer a todos os que ajudaram! Todos sem exceção! Foram angariados 11208€. E foram angariados ainda 600€ em donativos. Obrigada a todos os que ajudaram a Espinho Solidário a ajudar. Vamos agora marcar a data das consultas dos meninos. Juntos movemos montanhas. Obrigada por estarem do nosso lado. Muita saúde a todos”, escreve o movimento solidário responsável pela campanha de angariação de fundos.

Irmãos operados no IPO do Porto

Os Irmãos foram sujeitos a cirurgia no IPO. Os meninos já foram operados e correu tudo bem, escreve o movimento solidário Espinho Solidário nas suas redes sociais. “A Leonor já está no quarto e o Jaime no recobro. Ainda não há informação médica pois os pais ainda não estiveram com o cirurgião, e agora é tempo de recuperar. Obrigada a todos pelo carinho, conclui o comunicado a que o Semanário V teve acesso.

 

Irmãos com cancro foram operados no IPO e continuam com angariação de fundos

 

O Semanário V falou em exclusivo com fonte familiar que informou que a angariação de fundos continua, uma vez que o objetivo é levar os meninos aos EUA para fazerem os tratamentos para a mutação genética ALK. A operação consistiu na remoção dos tumores, na Leonor na zona bexiga, e no Jaime nos rins já numa zona mais complicada perto da coluna. Os tumores serão enviados para análise e após os resultados, os mesmos serão enviados para a equipa médica nos EUA. Depois ambas as equipas médicas, IPO e EUA, decidirão qual o melhor caminho a tomar. Se será necessária algum tratamento que poderá ser feito cá e outros lá. O caminho deverá ser esse, o que se conseguir fazer em Portugal sem custos far-se-á, o que tiver que ser feito em Filadélfia tentar por tudo conseguir verbas para os levar lá. Dados mais concretos sobre os tratamentos só teremos depois dos resultados e análise de ambas as equipas médicas”.

Grupo pede apoio a jogadores de futebol

O grupo Espinho Solidário apela ajuda a jogadores de futebol e clubes que queriam doar camisolar para leiloar e ajudar a angariar fundos para os irmãos terem tratamentos nos Estados Unidos da América. “Os nossos meninos continuam a recuperar muito devagar e com muitas dores! Hoje queria pedir vos um favor especial. Fazer chegar este pedido a todos os jogadores solidários para que nos sejam doadas camisolas de clubes para que as possamos leiloar.
Como sabem vai ser preciso 1 milhão de euros para os meninos irem aos EUA fazer tratamentos. Preciso da vossa ajuda para chegar até grandes clubes de futebol portugueses e estrangeiros.
Quem nos arranja uma camisolas de futebol para leiloar? Obrigada”, apela o grupo em comunicado a que o Semanário V teve acesso.

Comentários

topo