País

Covid-19. Rio avisa que índice de transmissão a subir dificulta desconfinamento

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

O presidente do PSD alertou hoje que o índice de transmissão da covid-19 está a subir (R), situando-se já acima dos 0,9, e admitiu que se se mantiver essa tendência poderá dificultar o desconfinamento.

No final de mais uma audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sobre a renovação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19, que decorreu por videoconferência, Rui Rio disse aos jornalistas ter-se reunido na terça-feira com o primeiro-ministro, António Costa, sobre a mesma matéria.

“O que nós entendemos que deve ser feito de certa forma tem-se vindo a caminhar nesse sentido: defendemos que deveriam ser definidos alguns indicadores e, simultaneamente, linhas vermelhas e verdes para elevar ou diminuir o confinamento”, explicou.

No entanto, Rio disse ter ouvido hoje do Presidente da República “uma notícia má”, que o índice de transmissão está a subir e já está acima de 0,9.

“Quando o R está acima de 1, significa que a pandemia está a crescer (…) Se o R passa o 1, penso que aí não há condições para fazer nada”, disse.

Questionado, em concreto, sobre a possibilidade de parte das escolas reabrirem já na próxima semana – nomeadamente creches e pré-escolar – Rui Rio dá a entender que a decisão pode não estar ainda fechada.

“Não sei o que é que o Governo pretende fazer, penso que está ainda a estudar. Ontem, a informação que tinha é que o R estava nos 0,77, hoje dizem-me que já passou os 0,9. É uma diferença grande”, alertou.

Questionado se o PSD concordará com uma reabertura de parte dos estabelecimentos escolares antes da Páscoa se este índice de transmissão continuar a subir, Rio respondeu: “Se o R continuar a crescer e chegar ao 1 ou ultrapassar o 1, eu penso que não há conduções sinceramente”.

“Acho que é um indicador fundamental, sinceramente nem entendo porque teve esta subida”, disse, admitindo que tenha a ver com desrespeito ao atual confinamento.

Comentários

topo