Ambiente

SEPNA/GNR recebeu mais de 12 mil denúncias em 2020, a maioria sobre animais

(C) DR
Partilhe esta notícia!

acordo com o relatório a que a Lusa teve hoje acesso, o maior número de denúncias ocorreu nos meses de maio (1.077), junho (1.649), julho (1.922), agosto (1.335) e setembro (1.214).

As áreas de atuação que registaram maior número de contactos foram as relacionadas com animais de companhia (2.907), seguindo-se a defesa da floresta contra incêndios (2.729) e os resíduos (1.446).

Os dados hoje disponibilizados revelam ainda que nos últimos dez anos tem existido “uma crescente interação” com esta linha.

Em 2010, registaram-se 4.561 contactos, tendo este número aumentado anualmente até 2020, ano em que se atingiram os 12.185.

A linha SOS Ambiente e Território, que está disponível 24 horas por dia através do número 808 200 520, permite que qualquer cidadão possa denunciar situações que violem a legislação ambiental e obter conselhos sobre assunto relacionados com a natureza, ambiente, florestas, animais de companhia, leis sanitárias e de ordenamento do território.

Além da referida linha telefónica, a GNR desenvolveu em paralelo um serviço online com o mesmo propósito, em https://www.gnr.pt/ambiente.aspx ou através do endereço eletrónico [email protected], através do qual o cidadão também pode denunciar situações que violem a legislação ambiental.

Através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente – SEPNA, a GNR constitui-se como a polícia ambiental competente para vigiar, fiscalizar, noticiar e investigar infrações à legislação que visa proteger a natureza, o ambiente e o património natural, em todo o país, integrando ainda diversos fóruns de cooperação nacional e internacional sobre estas temáticas.

Comentários

topo