Guimarães

Guimarães. Limpeza do percurso do projeto da Ecovia do Ave já iniciou

(c) Município de Guimarães
Partilhe esta notícia!

As intervenções de limpeza e desmatação de terrenos no traçado da Ecovia do Ave iniciaram esta semana e, nesta fase, abrangerá áreas localizadas nas freguesias de Caldas das Taipas, Prazins Santa Eufémia, Barco, UF Briteiros St. Estêvão e Donim, UF Souto Santa Maria, Souto S. Salvador e Gondomar numa ação articulada entre o Município de Guimarães, Laboratório da Paisagem, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Vitrus. O processo de limpeza, agora iniciado, será suspenso no final deste mês de forma a evitar perturbações durante o período de nidificação, sendo retomado no final do verão, anunciou a autarquia em comunicado a que acedeu o Semanário V.

A Ecovia do Ave é um projeto lançado por Domingos Bragança que visa a criação de pontos de interesse ao longo do percurso do rio Ave, promovendo a contemplação da fauna e flora, promovendo a valorização do património natural e a aproximação ao rio. O traçado da Ecovia do Ave passará por 14 freguesias e Uniões de Freguesias do concelho de Guimarães, com ligação desde Serzedelo, Gondar, Ronfe, Selho S. Jorge, Silvares, Brito, UF Sande Vila Nova e Sande S. Clemente, Ponte, Caldelas, Prazins Stª Eufémia, Barco, UF Briteiros St. Estêvão e Donim, UF Souto Santa Maria, Souto S. Salvador e Gondomar e UF Arosa e Castelões. A ecovia da cidade ligará à ecovia do Ave no Parque de Ardão – Silvares.

Este projeto visa recuperar, de forma consciente, os percursos já existentes e sensibilizar a população para a importância da preservação e promoção da biodiversidade de Guimarães, preservando a integração paisagística de toda a extensão da galeria ripícola.

Comentários

topo