País

Comandante da GNR salva bebé de um ano de morte por asfixia

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O comandante da GNR de Odemira salvou uma criança com pouco mais de um ano de morrer asfixiada por uma peça de plástico que tinha engolido.

Segundo o Correio da Manhã, uma patrulha da GNR foi abordada pelos pais da criança quando passava na avenida principal de Vila Nova de Milfontes.

O primeiro sargento Carvalho estava na sede do Núcleo de Proteção Ambiental e ouviu a comunicação. A distância não era muita – pouco mais de 100 metros – e o militar correu para o local. De acordo com o relato de testemunhas, assim que chegou, pegou na criança e fez a manobra de Heimlich. A criança voltou a respirar com alguma normalidade e começou a chorar.

O comandante manteve-se com o menino até à chegada dos bombeiros, entretanto acionados através do 112. A criança foi então transportada para o Hospital de Santiago do Cacém, onde a peça de plástico foi extraída. O menino escapou com vida e sem sequelas.

Comentários

topo